|   CONTATO   |   DÚVIDAS FREQUENTES
      Aconteceu no Zôo
      Administração
      Agências de Turismo
      Agendamento Visitas
      Alimentação Animal  
      Bastidores
      Concurso Público
      Enriquecimento
      Educação e Pesquisa
      Espaço para Eventos
      Fazenda do Zôo
      Gestão Ambiental
      Horário de Funcion.
      Informações
      Infra-Estrutura
      Ingressos
      Licitações
      Normas - Visitas
      Ouvidoria
      ECOPEFI







ANIMAIS: RÉPTEIS

CÁGADO-CABECUDO

Ordem: Testudines

Família: Chelidae

Nome popular: Cágado-Cabeçudo

Nome em inglês: Vanderhaege's Toadhead Turtle

Nome científico: Bufocephala vanderhaegei

Distribuição geográfica: Bacias dos rios Paraguai e Paraná e na periferia da bacia Amazônica, compreendendo o norte da Argentina, o Paraguai e o Centro-Oeste e Sudeste do Brasil

Habitat: Floresta Amazônica e cerrado

Hábitos alimentares: Carnívoro

Reprodução:
Desova entre 1 e 14 ovos por postura e incubação de aproximadamente 321 dias

Período de vida: Aproximadamente 20 anos

Muitos o chamam de tartaruga, mas na verdade ele é um cágado, pois apresenta um pescoço comprido e quando recolhe a cabeça para dentro do casco, o faz dobrando-a de lado. No Brasil, existem 16 diferentes espécies de cágado, 6 delas ocorrendo no estado de São Paulo.

O cágado cabeçudo é uma dessas espécies. O seu nome não faz menção a uma possível teimosia, mas sim ao tamanho avantajado da sua cabeça que garante, quando necessário, uma boa mordida. Os cientistas o conhecem como Bufocephala vanderhaegei e além de ocorrer nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, também ocorre no Paraguai, na Argentina e, possivelmente, no Uruguai e na Bolívia.

O acasalamento ocorre entre setembro e janeiro, durante a primavera e o verão, sempre dentro d’água. As desovas ocorrem posteriormente, de janeiro a junho, com o maior número sendo observado em abril. Os ovos são enterrados em um ninho aberto no solo e, embora o número de ovos por postura possa variar de 1 a 14, em média fica em torno de 6 a 7 ovos.

Eles apresentam casca dura e lisa, semelhante à do ovo de galinha, apresentando coloração creme. O formato é ligeiramente alongado e o peso gira em torno de 14,5g. Sabe-se que uma fêmea pode realizar mais de uma postura por ano. As fêmeas adultas são maiores que os machos, podendo alcançar 25 centímetros de comprimento do casco e 1.500 gramas de peso.

Trata-se de uma espécie praticamente desconhecida em termos da sua história natural, o que levou os pesquisadores do Setor de Répteis do Zoológico de São Paulo a se preocuparem com essa falta de informações. Estudando a espécie no zôo, descobriram vários aspectos da biologia e do comportamento do cágado cabeçudo.

Fundação Parque Zoológico de São Paulo
Texto de Flavio de Barros Molina
Atualizado por Simone S. Corazza
Bióloga Aprimoranda do Setor de Répteis

RÉPTEIS
Jabuti-piranga (Geochelone carbonaria)
Cobra de duas cabeças (Amphisbaena alba)
Suaçubóia (Corallus hortulanus)
Tracajá (Podocnemis unifilis)
Briba (Diploglossus lessonae)

Basilisco-verde (Basiliscus plumifrons)

Bico-doce (Ameiva ameiva)
Cágado-cabeçudo (Bufocephala vanderhaegei)
Gavial-da-malásia (Tomistoma schlegelii)
Jabuti-gigante-de-aldabra (Geochelone gigantea)
Jacaré-do-papo-amarelo (Caiman latirostris)
Jibóia (Boa constrictor)
Lagartixa-leopardo (Eublepharis macularius)
Lagarto-de-língua-azul (Tiliqua scincoides)
Lagarto-rabo-de-macaco (Corucia zebrata)
Muçuã (Kinosternon scorpioides scorpioides)
Papa-vento (Enyalius iheringii)
Píton-burmesa (Python molurus bivittatus)
Sinimbu (Iguana iguana)
Sucuri-amarela (Eunectes notaeus)
Surucucu-do-Pantanal (Hydrodinastes gigas)
Tartaruga-do-amazonas (Podocnemis expansa)
Teiú (Tupinambis merianae)
Tigre-d'água (Trachemys dorbignyi)
ANIMAIS DO ZÔO
Aves
Mamíferos
Nativos da Mata
Répteis
 
Copyright© 2003-2007. Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Todos os direitos reservados.
desde 15/11/1997

FUNDAÇÃO PARQUE ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO

ZOOLÓGICO
Avenida Miguel Stéfano, 4241 - Água Funda - São Paulo - SP - CEP: 04301-905
Fone: (11) 5073-0811 / Fax: (11) 5058-0564
Horário de Funcionamento- 9:00 às 17:00 horas - de terça a domingo - fechamento da bilheteria : 16:00 h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado

ZÔO SAFÁRI
Avenida do Cursino, 6338 - Vila Moraes - São Paulo - SP - CEP: 04169-000
Fone: (11) 2336-2131 / Fax: (11) 2336-2143
Horário de Funcionamento - 9:00 às 17:00 horas - de terça a domingo - fechamento da bilheteria : 16:00 h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado