|   CONTATO   |   DÚVIDAS FREQUENTES
      Aconteceu no Zôo
      Administração
      Agências de Turismo
      Agendamento Visitas
      Alimentação Animal  
      Bastidores
      Concurso Público
      Enriquecimento
      Educação e Pesquisa
      Espaço para Eventos
      Fazenda do Zôo
      Gestão Ambiental
      Horário de Funcion.
      Informações
      Infra-Estrutura
      Ingressos
      Licitações
      Normas - Visitas
      Ouvidoria
      ECOPEFI







ANIMAIS: MAMÍFEROS

HIPOPÓTAMO

Ordem: Artiodactyla

Família: Hippopotamidae

Nome popular: Hipopótamo

Nome em inglês: Hippopotamus

Nome científico: Hippopotamus amphibius

Distribuição geográfica: África

Habitat: Rios e Lagos

Hábitos alimentares: Herbívoro

Reprodução: Gestação de 227 a 240 dias

Período de vida: 40 anos de idade


Considerado o terceiro maior mamífero terrestre, o hipopótamo macho adulto pode medir 4m e chega a pesar mais de 3 toneladas, e as fêmeas até 2 toneladas. Possui uma espessa camada de gordura que protege os órgãos vitais. Sua pele é desprovida de pêlos, exceto nos lábios, orelhas e na ponta da cauda. Os dentes caninos são de crescimento contínuo e podem atingir 60 cm de comprimento e 3 kg de peso no macho e 1 kg na fêmea.

A origem do nome “hipopótamo” vem do grego, e significa “cavalo do rio”. Esse nome foi dado a estes animais devido ao seu peculiar hábito de passar a maior parte do dia sob a água, protegendo- se do seu pior inimigo: o calor africano.
Possuem glândulas distribuídas por todo o corpo, que segregam um líquido viscoso de cor avermelhada, que os protegem dos raios ultravioletas. Devido a esta secreção surgiu a crença que o hipopótamo pode “suar sangue”.

São excelentes nadadores, suas patas possuem 4 dedos e entre elas possuem membranas que facilitam o nado. Podem ficar até 5 minutos embaixo d’água, e pela ótima adaptação a vida aquática, olhos, orifícios nasais e orelhas estão situados na parte alta da cabeça, permanecendo este órgãos fora d’água.

Os hipopótamos têm hábitos noturnos. Sendo exclusivamente herbívoros, de noite deixam a segurança do rio para irem pastar nas margens.

Antigamente, o hipopótamo era encontrado por toda a África, mas foi extinto de boa parte do norte e sul do continente, com a maioria das populações atuais subsistindo no centro africano. Marcam o território com as fezes, que são espalhadas quando defecam, pois abanam o rabo ao mesmo tempo. Estas fezes servem de fertilizante aos vegetais e alimento aos peixes dos rios e lagos que habitam, tornando-os muito ricos em vida.

Vive em bandos de 30 a 50 indivíduos compostos por fêmeas e filhotes. Os machos vivem em bandos isolados. A Gestação dura aproximadamente 240 dias, nascendo 1 filhote por parto, com 25 a 55 Kg, e caso de gêmeos são raros. Os filhotes ficam entre os adultos, pois são bastante vulneráveis aos crocodilos nos primeiros meses de vida.

Fátima Valente Roberti
Bióloga - DED – Divisão de Ensino e Divulgação
Atualizado por Simone S. Corazza
Bióloga

MAMÍFEROS

Anta (Tapirus terrestris)

Cachorro-vinagre (Speothos venaticus)

Camelo (Camelus bactrianus)

Cervo-nobre (Cervus elaphus)
Chimpanzé (Pan troglodytes)
Dromedário (Camelus dromedarius)
Elefante-africano (Loxodonta africana)
Gato-do-mato pequeno (Leopardus tigrinus)
Gato-maracajá (Leopardus wiedii)
Gibão de mãos brancas (Hylobates lar)
Girafa (Giraffa camelopardalis)
Grande-Kudu (Tragelaphus estrepsicerus)
Hipopótamo (Hippopotamus amphibius)
Jaguatirica (Leopardus pardalis)
Jupará (Potos flavus)
Leão (Panthera leo)
Leão-marinho (Otaria byronia)
Leopardo-das-neves (Uncia uncia)
Lobo-europeu (Canis lupus)
Lobo-guará (Chysocyon brachyurus)
Lontra (Lontra longicaudis)
Macaco Barrigudo (Lagothrix lagotricha)
Macado-parauacu (Pithecia pithecia)
Macaco-Prego Galego (Cebus flavius)
Mico-leão-de-cara-dourada (Leontopithecus chrysomelas)
Mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia)
Mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus)
Onça-parda (Puma concolor)
Onça-pintada (Panthera onca)
Orangotango (Pongo pigmaeus)
Quati (Nasua nasua)
Rinoceronte branco (Ceratotherium simum)
Suricata (Suricata suricatta)
Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla)
Tamanduá-mirim (Tamandua tetradactyla)
Tatu-peba (Euphractus sexcintus)
Tigre-Siberiano (Panthera tigris altaica)
Urso de óculos (Tremarctos ornatus)
Zebra de Grévy (Equus grevyi)
ANIMAIS DO ZÔO
Aves
Mamíferos
Nativos da Mata
Répteis
 
Copyright© 2003-2007. Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Todos os direitos reservados.
desde 15/11/1997

FUNDAÇÃO PARQUE ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO

ZOOLÓGICO
Avenida Miguel Stéfano, 4241 - Água Funda - São Paulo - SP - CEP: 04301-905
Fone: (11) 5073-0811 / Fax: (11) 5058-0564
Horário de Funcionamento- 9:00 às 17:00 horas - de terça a domingo - fechamento da bilheteria : 16:00 h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado

ZÔO SAFÁRI
Avenida do Cursino, 6338 - Vila Moraes - São Paulo - SP - CEP: 04169-000
Fone: (11) 2336-2131 / Fax: (11) 2336-2143
Horário de Funcionamento - 9:00 às 17:00 horas - de terça a domingo - fechamento da bilheteria : 16:00 h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado